Beneficiários

BENEFICIÁRIOS EM CASO DE MORTE

Com a entrada em vigor da Lei 11482/07, a definição dos beneficiários de morte depende da data em que o acidente ocorreu. Veja como isso se aplica.

Acidentes ocorridos até 28.12.2006

Os beneficiários seguem a ordem de Qualificação  quanto ao direito de receber a indenização: em primeiro lugar, vem o cônjuge ou companheiro (a); na ausência destes, os filhos; na falta destes, os pais ou avós e, na falta destes, por fim, os irmãos, tios ou sobrinhos da vítima.

Acidentes ocorridos a partir de 29.12.2006


Os beneficiários são, simultaneamente, o cônjuge e/ou o (a) companheiro (a), e os herdeiros da vítima. Havendo mais de um herdeiro, o prêmio do será dividido entre eles, em partes iguais.

BENEFICIÁRIOS EM CASO DE INVALIDEZ PERMANENTE

Neste caso somente a vítima poderá receber a indenização.

BENEFICIÁRIOS EM CASO DE REEMBOLSO DE  DESPESAS MÉDICAS (DAMS)

Neste caso somente a própria vítima ou um terceiro – pessoa física ou jurídica (Hospital) – desde de que a vítima tenha cedido o direito de reembolso. Importante: para conceder esse direito a terceiros, é necessário que a vítima assine Termo de Cessão de Direitos.

ACIDENTES COM VEÍCULOS NÃO IDENTIFICADOS

Os valores são pagos mesmo que o motorista do veículo fuja do local do acidente e que ninguém anote a placa do veículo, a vítima tem direito à indenização do Seguro Dpvat.

Obs.: Neste caso é aplicado regra especifica, para maiores informações, faça nos uma consulta.

ACIDENTES COM VEÍCULOS INFRATORES

É IMPORTANTE LEMBRAR que a cobertura do Seguro Dpvat não está vinculada às regras de trânsito. As indenizações são pagas independentemente de apuração de culpa, desde que haja vítimas, transportadas ou não pelo veículo automotor.

ACIDENTES COM MAIS DE UMA VÍTIMA

Não importa a quantidade de vítimas que esteja envolvida no acidente. O Seguro Dpvat indeniza todas, de forma individual.

Obs: Não há limite de vítimas nem de valores de indenização para um mesmo acidente.

68 Respostas

  1. Gostaria de saber, como pesquisar sobre o seguro DPVAT,na MBM seguros S.A, imformando mega data e número do Processo, já fiz várias tentativos e não consegui, solicito imformações ou orientações. Essas pesquisas são relacionadas sobre o processo (restrições, data do pagamento, valor etc…)

    Obrigado.
    Baixo Guandu/E.S

  2. Olá Jorge boa tarde.

    Quando não se tem nenhuma informação referente ao processo do Seguro DPVAT, vc deve entrar em contato com uma Seguradora/Reguladora que tenha acesso ao sistema Megadata. A partir daí é só se identificar e informar os dados para pesquisa (nome, CPF, etc). Mas essas informações são repassadas somente aos beneficiários, a própria vitima ou aos procuradores cadastrados no processo é por questão de segurança sabe né.

    Com as informações em mãos (nº do Sinistro) é só entrar em contato com o local onde a documentação se encontra (Seguradora/Reguladora), e daí verificar a situação do processo.

    Também é possivel acompanhar o andamento do processo no site: http://www.dpvatseguro.com.br, aqui vc vai precisar do nº do Sinistro e o nº do CPF do beneficiário.

    Boa sorte e qualquer estamos aí para lhe ajudar.

    Um abraço, espero ter te ajudado.

  3. gostaria de saber se vcs podem me informar como eu faço pra saber se o meu processo já se encontra na seguradora responsável pelo mesmo (MBM Seguradora S.A.), pois o meu processo foi enviado no dia 23 de Dezembro de 2008 e até agora não obtive nenhuma resposta??? grato pela atenção e cordialidade…

  4. Bom dia Jorge!!!!!

    Para fazer isso é muito simples veja só: Se vc enviou seu processo no dia 23/12/2008 os correios leva em torno de 05 dias uteis para entregar a encomenda, se mandou ela por carta registrada é possivel rastrea-la através do site dos correios (www.correios.com.br), vc deve procurar no lado esquerdo da tela e lá so digitar o codigo do objeto.
    Nesse seu caso acredito que vc enviou direto para a seguradora MBM, dessa forma é necessário entrar em contato com a mesma para agilizar mais o processo, tendo em vista que se o seu processo for analisado e for verificado alguma pendencia eles irão enviar uma correspondência para o seu endereço e nesse caso demora mais. Em nosso caso trabalhamos com a Reguladora T&D e demora em torno de 03 dia para darem um parecer do processo.

    Espero ter lhe ajudado…
    Fica com Deus.

  5. Como saber como anda o processo de seguro obrigatório do dpvat

  6. oi, ja faz mais de dois meses e meio que dei entrada no seguro dpvat e até agora nao obtive resposta alguma. como proceder nesse caso?

  7. Olá João Ricardo:

    O primeiro passo é vc entrar em contato com a seguradora/Reguladora para onde o Sinistro DPVAT foi enviado. Quanto ao prazo a cia Seguradora tem até 15 dias a contar do protocolo de recebimento da documentação entregue para emitir um parecer, mas normalmente eles emitem entre 05 e 10 dias o parecer. Mas em todo caso vc vai ter que ligar para a seguradora para obter o nº do Sinistro e em seguida saber qual sua situação, mas se vc não tiver nº do telefone da Seguradora, este vc encontrar facil na internet ou se preferir http://www.dpvatseguro.com.br, e lá deve procurar pelos pontos de atendimentos do dpvat.

    Obrigado…. e boa sorte>!!!!!!!!!!!!!!

  8. wagner gomes mesquita

    boa tarde ,gostaria de saber se foi pago o seguro dpvat do falecimento do meu pai que ocorreu no ano de 2000. pois nao tenho o numero do sinistro .tem como fazer um levantamento so com onome do beneficiario pois suspeitamos que alguem recebeu este seguro queria tirar as duvidas .muito grato.

  9. Para fazer essa consulta vc deve telefonar para uma seguradora ou Reguladora de Sinistros DPVAT se indentificar e informar o nome da vitima e cpf que o pessoal que tem acesso ao Sistema MegaData lhe diz direitinho vai lhe dizer.
    Sugiro que ligue para a T&D Reguladora de Sinistros
    Fone: 0**21 2224 8696 – Fala Com a Patricia, se não consegui me manda os dados completos aki mesmo no blog ) que eu faço essa pesquisa para vc…
    Um abraço e boa sorte.. Qualquer coisa pode posta aki…

  10. wagner gomes mesquita

    BOA NOITE ,ANTONIO ROSA SE POSSIVEL PODERIA FAZER O LEVANTAMENTO DO DPVAT , DA VITIMA MARIO SERGIO MESQUITA QUE FALECEU 23 02 2000.,NA CIDADE DE SAO SEBASTIAO LITORAL NORTE ,GOSTARIA DE SABER SE JA FOI PAGO O SEGURO, E SE POSSIVEL O NOME DE QUEM RECEBEU O SEGURO. O NUMERO DO CPF E 578.430.668000053 NUMERO RG 4.921.675 DESDSE JA AGRADECO A SUA ATENCAO QUE DEUS OS ABENCOE.

  11. wagner gomes mesquita

    QUERIA ,PARABENIZA LOS POR ESTE TRABALHO QUE E MUITO IMPORTANTE PARA A SOCIEDADE, POIS TEMOS DIREITOS QUE NEM SABEMOS ,E VOCES QUE SAO INSTRUIDOS PODE NOS AUXILIARMOS POIS MUITAS DAS VEZES SOMOS LEIGOS EM MUITOS ASSUNTOS ,QUE DEUS CONTINUE ILUMINANDO VOCES PARABENS.

  12. Nós da Personal Reguladora de sinistrso Dpvat, devidamente homologada pelo Consórcio Lider do Seguro Dpvat, colocamos à disposição ferramentas indispensáveis para sua utilização e acompanhamento dos processos administrativos bem como o plantão de dúvidas.

    Regulamos para as Seguradors Federal, American Life e MBM.

    Sempre às ordens,

    Abraços,

    Reynaldo Barochelo

  13. Olá Reynaldo Boa noite agradeço muito pelo contato mais no momento estamos trabalhando com a T&D Reguladora de Sinistros sediada no Rio de Janeiro/RJ, e fico Feliz, e quem sabe no futuro poderemos fazer uma parceria.

  14. Certo Wagner, logo que estiver com os dados na mão vou postar aqui no logo, acho que 5ª feira (13/02/2009).

    Muito obrigado e que Deus também te ilumine cada vez mais.

    Um Abraço e é prazer lhe ajudar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  15. Olá Wagner boa tarde:

    Verifiquei o seguro da vitima MARIO SÉRGIO MESQUITA, e a informação que recebi é que não consta nenhum pedido de indenização com esse nome, nesse caso o processo já estar preescrito, vc deve procurar um escritório de advocacia e ajuizar uma ação Judicial para receberem a indenização….

    Boa sorte… um abraço

  16. Gostaria de fazer a seguinte pergunta:
    Um primo meu foi atropelado em 13/01/2009. Sua mãe é falecida e seu pai é desaparecido há muitos anos. Tendo este sido criado pela vó materna. Neste caso como faço para requerer a indenização para minha tia, no caso a vó da vítima? uma vez que não estamos localizando o pai?

  17. Bom dia Paulo Cesar: Nesses casos quando se trato de beneficiário menor de 16 anos de idade, na ausencia dos pais a Cia seguradora vai efetuar o pagamento a aquele que tiver a guarda do menor (vai ser preciso apresentar documentos que comprovem essa guarda pelos responsáveis). Quando se tratar de beneficiário maior de 16 anos e menor de que 18, a Cia Seguradora vai pagar diretamente para ele, mas assistido pelo responsável.

  18. oi gostaria de consultar o andamento do seguro dpvat referente ao falecimento do meu pai mais ñ tenho o numero do sinistro o que faço, se puder me ajudar eu agradeço muito

  19. Bom a noite Lucilene:

    O primeiro passo é vc saber para qual Seguradora ou Reguladora que o processo foi enviado. Agora se vc não tem essas informações, terá que ligar para uma das seguradoras que faz parte do Seguro DPVAT ou se preferir deve ligar para uma Reguladora de Sinistros DPVAT, com as informações sobre o seu pai (nome, cpf, data de acidente, etc. essas empresas fazem parte do Sistema Megadata, e com certeza irão saber onde o processo se encontra e lhe informar o número do sinistro e se possivel até o telefone do local onde ele se encontra… Daí pra fica bem mais fácil, vc vai consegui…
    Reguladoras
    http://www.dpseg.com.br
    http://www.tdreguladora.com.br
    http://www.delphos.com.br

    Um Abraço e boa sorte.

  20. oi vc tem o telefone de alguma reguladora de sinistro pra me passar desculpe o encomodo e obrigado.

  21. Olá Lucilene não se preocupe é um prazer lhe ajudar.

    Segue os Telefone:

    T&D Reguladora 0**21 2224 8696 / 0**21 22241736

    Delphos Serviços Técnicos: 0**21 4009 1709, caso precise de mais algumas é só perguntar….

    Um Abraço

  22. oi desculpe lhe incomodar outra vez mais é que eu não estou conseguindo fazer isso sozinha sera que vc ñ consegue consultar o numero do sinistro pra mim estou preocupada pq deixei que um advogado desse entrada no seguro pra mim mais tenho a impressão de q ele esta me enrolando já faz 3 meses que meu pai faleceu e ainda ñ recebemos o seguro se puder me ajudar agradeço

  23. Olá Lucilne boa noite:

    Normalmente os advogados entram com o pedido de indenização no Juizado civil solicitando um alvará Judicial e não direto com a seguradora que é o nosso caso. sendo assim nesse seu caso ainda não deve existir n° de sinistro porque o processo ainda não deve ter ido para a seguradora.. “Judicial o valor pode chegar até ” R$16.600,00..
    Bom fim de semana… Um abraço.

  24. Boa tarde. Sofri um acidente e nao consegui identificar a placa do veiculo. Dei entrada no meu DPVAT mas a Bradesco Seguros pediu a placa do veiculo atropelador. Li acima que possuo direito mas há uma regra específica nesse caso. O que seria? Como fazer nesse caso? Muito obrigado

  25. ::::::::::::::::Olá José Carlos:::::::::::::::

    Não resta dúvidas quanto ao seu direito, no entanto o que vai precisar fazer é deslocar-se até a unidade Policial onde foi feito registro da ocorrência e solicitar para que seja feito um ADITAMENTO no referido registro, onde passará a constar a informação que o veiculo causador do acidente não foi identificado. Seguida deve-se enviar para a Cia de Seguros.
    Para essa situação é presumido que você foi atropelado.

    Se vc não foi vitima de atropelamento, na ocorrência tem que levar em consideração o veiculo que a vitima estava.

    Um abraço e boa sorte………..

  26. Bom dia!Entrei com processo administrativo para receber DPVAT por morte de minha irma.Minha mae recebeu metade,ou seja, R$ 6750.Meu pai esta desaparecido ha mtos anos,tanto que o divorcio deles foi homologado pelo juiz,sem ele comparecer.Como faço pra receber a outra metade,visto que, meu pai esta desaparecido? Obrigado…

  27. Boa Noite amigo.

    Pois é amigo, sua mãe só receberia o valor de R$ 13.500,00 referente o sinistro por morte da filha, se o seu pai já fosse falecido, isso no processo administrativo, tendo em vista que sua irmã não deixou filhos e nem companheiro(esposo). Nesses casos os beneficiários são os genitores devidamente qualificados, 50% para cada. Como seu pai está vivo, embora morando em endereço incerto e não sabido.
    Para vc não ficar perdendo tempo e gastando dinheiro atoa, enviando documentos para a seguradora, pois eles não vão pagar o restante para a sua mãe, a menos que ela fosse viúva., o que não o caso.

    Para resolver de vez a questão vc vai precisar de um alvará judicial, para isso será necessário contratar um advogado particular ou procurar a defensoria pública da sua cidade.

    Por observação vc mora em qual estado????????????

  28. Estado do Rio Grande do Sul.

  29. Por favor, sinistro n° 2008/281062, CPF BENEFICIÁRIO N° 299.387.163-34. Falei com o pessoal da MBM e eles encaminharam para a T&D, só que não consigo falar com essa reguladora…vc trabalha para a T&D..favor me informar como está o andamento desse processo, ok? Muito grato

  30. Bom dia amigo para consultar o seu processo na tdreguladora, é simples e o link é esse: http://www.tdreguladora.com.br/dpvat/pub_acharsinistro.asp?page=acharsinistrocod.

    Um abraço..

  31. Obrigado amigo pela resposta. A informação é: pendente de documento. Como posso falar com a empresa por telefone para a devida orientação com relação à pendência e como resolvê-la?Você tem o telefone da T&D? Grato,
    Daniel Fabris.

  32. Olá Daniel boa noite, fico feliz por lhe ajudado, no próprio site: http://www.tdreguladora.com.br, vc clik na opção fale conosco, lá tem todos os telefone, endereço pra enviar o documento complementar. Obs.: Quando for consultar o processo no site, na hora que aparecer as informações do processo é só clicar no número do sinistro que vai aparecer o documento que estão solicitando.

    Boa sorte.

  33. Olá, gostaria de saber de quem é o direito à
    indenização pois o cônjuge (idoso e doente da
    mente está interditado), neste caso vai para
    os filhos?? ou para quem foi nomeado na
    interdição?

  34. :::::Olá Jr. boa noite:::::

    Agora o Seguro DPVAT, é dividido pelos beneficiário(s) da seguinte forma (Esposo(a), companheiro(a) recebem o valor de 50% e o restante 50% é dividido pelos filhos, caso existam.

    No seu caso existe um incapaz, dessa forma o responsável que irá representá-lo é a pessoa que detem a interdição independente de quem seja (vai ser apresentado o alvará na seguradora juntamente com todos os outros documentos de praxe.
    Dessa forma estou presumindo que se trata de um sinistro de morte (da esposa).

    Boa sorete e Felicidades

  35. Mas o acidente foi em 1990, a lei é outra naquela época, ou seja vai tudo para o detentor da interdição não é? os demais filhos não tem direito a nada?

  36. Gostaria de saber se além do seguro DPVAT, tem outra ação que pode ser ajuizada no caso de morte da vítima

  37. Sim Rose Rodrigues, a vitima também poderá ajuizar uma Ação de Indenização por danos Morais e Materiais ao(s) Causadores do Acidente.

    Boa sorte………….

  38. boa tarde, meu tio faleceu , foi atropelado por um caminhao e morreu na hora, como sao pessoas simples estou ajudando els a entrarem com o pedido do seguro, mais minha duvida é o seguinte ele deixou esposae oito filhos,no caso e 50% para esposa e 50% para os filhos, mais como faço para requer o pagamento dos filhos ,pois o prenchimento do beneficiario no caso estarei preenchendo no nome da esposa do falecido,e a conta a ser passado sera da esposa, os dos filhos terei que passar a conta de cada um é isso..

  39. socorro!!! boa noite.peco qpor favor mim orientem ,seguinte :Meu pai faleceu atropelo, veiculo nao identificado,confesso foi uma peregrinacao apos 19 anos correr atras de documentos registros…enfim dei entrada no seguro depvat.eles so pagaram 50% do valor 6.750,00 gostaria de saber se temos direito a saldo?antecipadamente agradeco informacoes josy

  40. Bom dia.
    Fui acidentado. Um caminhão de uma empresa me prenssou em um muro e acabou me quebrando 2 costelas e a cravicula.Neste momento a empresa me atende em fornecer remedios e acessórios para me locomover.Gostaria de saber se tenho direito ao seguro DPVAT.E se tenho o que devo fazer.

    O acidente ocorreu dia 20 de Outubro de 2010.

    Aguardo Retorno!

    Obrigado!

  41. antonio ronaldo cavalcante da silva

    gostaria que fosse notificado de novos artigos por e-mail

  42. quero saber imformacão sobre a (campanhia sol seguro) nao sei nade deles endereço ou telefone.

  43. Tiago Barcelos Tributino

    Gostaria de saber como se o numero do meu sinistro ja esta pronto,
    pois dei entrada mas nao tive resposta da asseguradora,

  44. Olá Thiago boa noite, quando o processo é recebido na Seguradora/Reguladora, ele é logo analisado e cadastrado no sistema megadata-dpvat, normalmente após o cadastro e Seguradora Lider envia uma correspodenncia para o reclamante informando da abertura no pedido de idenização, caso vc não tenha recebido deverá entrar em contato com o local onde a documentação foi entregue.

    Boa sorte.

  45. nelson pereira dos santos

    meu irmao morreu de acidente de carro. meu pai tinha sumido e ninguem sabia onde ele estava, minha mae recebeu pela morte do irmao em 2005, foi pago a ela 50% em 2008, meu pai teria direito em receber os 50% seu ou está prescrito conforme dizem. tres anos da data do acidente.

  46. sergio rodrigues de lima

    quebrei a perna e o tornozelo fiz duas cirurgia perdi 60% dos movimemtos do tornzelo e minha perna encurtou 2cm fiquei com dificuldades para andar praticamente fiquei invalido e so recebi do seguro dpvt 2.600 reais mas no documento do veiculo dis que invalides permanente o valor e de 13.500 porque so recebi 2.600 por favor me expliquem essa situaçao

  47. sergio rodrigues de lima

    O MEU PROCURADOR ME DISSE SE EU RECORER EM VES DE EU RECEBER EU TERIA QUE PAGAR PAGAR OQUE SE ELE TIVER COM SACANAGEN COMIGO ELE VAI SE AREPENDER PORQUE EU VOU PROCESALO ATE O TALO EU SO QUERO OS MEUS DIREITOS POR FAVOR ME RESPONDA EU TERIA QUE PAGAR MESMO

  48. ola!!! sofri um acidente de moto juntamente com aminha esposa na garupa , o acidente foi causado por discuido da pista que estava cheia de brita zero e areia , ao começar fazer a curva a moto derrapou e cairmos , a moto ficou muito danificada e nao tenho condiçoes de pagar o conserto . o dpvat tem como obrigaçao a arcar com as despezas da minha moto ??? sim ??? me diz como devo fazer para que eles possam arrumar minha moto ,,, obrigado leomar

  49. Bom dia, tenho uma prima que sofreu um acidente a dois anos e esta acamada até hoje sem lucidez preciso requerer o seguro dpvat por invalidez,, minha duvida é o marido dela tem a CURATELA dela,,no caso no preenchimento do formulario preencho nos dados da minha prima e o esposo assina por ela ,ou preencho nos dados do esposo por ter a curatela judicial..

    abraços

  50. Boa tarde o pai do meu filho de 5anos morreu em acidente 27.07.2010 em bela vista do paraiso parana so que nos so ficamos sabendo agora do ocorrido,mas ele tem outra filha que morava na mesma cidade que ele, se eles derao entrada no seguro o meu filho tambem tem direito?se eles nao falarao do meu filho e reseberao o seguro como poso fazer para correr atraz do direito do meu filho?(obs: preciso de uma resposta urgente)

  51. oi, bom dia eu já entrei com um processo no seguro, mas o advogado não me passou o numero do sinistro, como eu fasso para obter esse numero. obrigado…

  52. Normalmente os advogado dão entrado de forma judicial, nesse caso não haverá número do sinistro e sim do processo no forum onde o mesmo deu entrata. Quando o processo é aberto de administrativa a Segunda Lider envia um comunicado informando de tal abertura do pedido de indenização, mas você pode ligar para 08000221204 e falar com um dos atendentes e informar seus dados que certamente eles vão de te informar.

    Boa sorte….

  53. O DPVAT de acordo com o novo cógido civil é dividido de acordo com a quantidade de benefiarios: nessa ordem 50% para a esposa(o) e o restante para filhos, etc. na hora de receber é preciso preencher uma declaração com a relação de todos os herdeiros, juntamente com duas testemunhas. Vc terá que verificar o que foi e relação de todos os herdeiros

    Se o seu filho tem direito, vc deve observar essa ordem: se ele deixou esposa ou companheira, se a resposa for sim ela tem direito de 50% = R$ 6.750,00. Quanto filhos ele deixou no seu caso parece que 02 = R$ 6750,00/2 = R$ 3.775,00 para cada.
    Caso ela tenha recebido vc precisa saber o que ela recebeu, observando a relação de herdeiros. em seguida caso ainda falte algum valor a receber (o do seu filho), deverá entrar em contar a seguradora que efetuou o pagamento para receber o restante.

    Boa sorte……

  54. Tudo permanece como estar sendo preenchido com os dados dela e apenas ele vai assinar nos locais indicado por ela..]

    Felicidades.

  55. Edson Henrique Dourado

    Antonio.
    Boa noite.
    Gostaria de saber se eu consigo o seguro DPVAT.
    Pois eu tive um acidente em 07/09/2004.
    Pois tive que fazer uma Cirurgia de ligamento de tendão na Mãos Direita.
    E não sabia que existia esse tipo de seguro, gostaria de saber se tenho direito a esse seguro.
    Pois ja faz quaze oito anos.

    Grato.

  56. Olá! eu gostaria de saber como fazer para descobrir se o advogado já recebeu o seguro DPVAT?

  57. gostaria de saber quando esta em vigor a nova lei do seguro depevat

  58. meu filho é menor infrator e sofreu um acidente com um carro roubado,nesse caso ele tem direito ao DPVAT?

  59. Sonia Martins de Oliveira Santos

    Bom dia…
    Gostaria de saber como receber parte do seguro DPVAT que pertence minha filha menor, esta no poder do advogado…tera que fazer um alvará para o juiz? por favor me orienta, pois sou bacharel em Direito,,,e, preciso saber qual procedimento seguir, obrigada,

  60. Bom dia dona Sonia:

    Quando se trata de menor o dpvat tem dois critério, vou explicar melhor, vejamos então: o 1] critério é se o beneficiário tem de 0 -16 anos de idades, nesse caso os responsáveis: pai, mãe, ou quem detenha a guarda, assina todo documentação normalmente (só é necessário o registro de nascimento do mesmo, agora se o beneficiário tem 16 -18 anos ele vai assinar toda documentação só que assistido pelos responsáveis, agora aqui é preciso ter CPF e documento de identificação e conta bancária do mesmo. Agora se o processo tiver tramitando na esfera Judicial deverá aguardar o Juiz autorização como e a quem a Cia de Seguros deverá efetuar o pagamento. Nos casos em que só era companheiro,sem ser casada em cartório com a vitima, o melhor é pedir a exclusão do pleito, tendo em vista não comprovar a documentação solicitada, dessa forma o valor será pago ao outro beneficiário ( observação: o critério de divisão do dpvat é assim: se deixou esposa ou companheira: 50% (6.750,00) e o restante 50% é dividido pelos outros herdeiros (filhos). Todos esses modelos estão disponíveis na Seguradora que vc der entrada.

    Boa sorte, espero ter lhe ajudado…

  61. Pagamos , muinto caro e quando precisamos!!!…..e grande a burocracia porque isso?
    por lei temos ,direito entao cumpra-se a justiça.

  62. Boa noite;
    Meu pai sofreu um acidente no ano de 1988, em 2008 por intermédio da MBM Seguradora S.A ele entrou com o pedido de indenização no DPVAT.
    Porém só agora soube que ele tinha entrado com esse pedido de indenização pois na época ainda era menor de idade.
    Colocando o n° do sinistro e o cpf dele o site do DPVAT informa que o processo ainda consta em andamento, lembrando que ele deu entrada em 2008 e estamos em 2012,
    o prazo correto não seria de apenas 30 dias para o recebimento da indenização? ou demora assim mesmo, devido o acidente ter acontecido a mais e 20 anos? E qual
    procedimento devo tomar para agilizar o recebimento da indenização ( invalidez) do meu pai? Grato.

  63. Olá fazem dois meses que dei entrada e meu processo se encontra em analise documental… Quanto tempo dura essa analise? E depois dessa etapa qual será a próxima?! Agradeço!!!

  64. Olá bom dia o prazo para analise é rápido e pode durar até 30 dias contados a partir do recebimento da documentação completa, para vc o ideal seria verificar junto a central dpvat: 0800 0221204(pode ligar de celular), quando vc informar seus dados eles dirão com precisão porque o demorar esse tempo todo…

    Boa sorte

  65. Bom dia querida, para o dpvat não importa as circunstancias do acidente, para tanto é necessário juntar o registro da ocorrência policial, dados do veiculo ( é preciso ser emplacado), conta bancaria em seu nome (pai, mãe), e laudo médicos que comprovem as debilidades adquiridas em decorrência do acidente.

    Boa sorte..

  66. bom dia amiga ainda não estou sabendo..

  67. Bom dia querida se processo foi de forma judicial vc deve ir no forum da comarca ou consultar o site do tribunal de justica do seu estado.

    Caso foi feito administrativo vc deve ligar para a central dpvat:0800 0221204 e informar os dados solicitas para fazerem uma pesquisa e informar o resultado..

    Boa sorte…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 45 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: